Mulheres que fizerem mamografia receberão flores no Hospital de Amor

As flores serão distribuídas nesta sexta-feira, 25 de outubro, a partir das 10h, para cerca de 300 pacientes. A ação faz parte do Outubro Rosa, campanha voltada para a conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e foi idealizada pelo grupo de produtores de antúrios da Cooperativa Veiling Holambra.

Como forma de homenagear e agradecer às mulheres que cuidam da saúde e realizam preventivamente os exames de diagnóstico do câncer de mama, o grupo de produtores de antúrios da Cooperativa Veiling Holambra distribuirá cerca de 300 vasos dessas flores, em tons variados de cor-de-rosa, no Hospital de Amor, em Campinas, na sexta-feira (25 de outubro), a partir das 10h.

A ação faz parte do Outubro Rosa, campanha voltada para a conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Além da distribuição, a recepção do Hospital será decorada também com grandes vasos de antúrios cor-de-rosa e mesclados.

Homenagear com flores é sempre um gesto de carinho. A proposta da Cooperativa Veiling Holambra foi escolher uma flor que tem a forma de coração – o antúrio – para demonstrar todo o carinho e homenagear as mulheres que amam a vida e se preocupam com a saúde, realizando exames preventivos, como os que podem identificar precocemente o câncer de mama, aumentando as possibilidades de tratamento e as chances de cura.

 
Outubro Rosa

A unidade fixa do Hospital de Amor de Campinas programou atividades diferentes para cada dia de outubro, incluindo desde intervenções culturais até oficinas de maquiagem. Uma das duas unidades móveis está percorrendo vários pontos da cidade durante o mês, intensificando a proposta de conscientização. Ao longo das quatro semanas do mês, a carreta se instalou na Sanasa, no Instituto Padre Haroldo, na Avenida das Amoreiras (ao lado da unidade fixa) e na Assembleia de Deus (nesta semana).

Desde o primeiro dia de outubro, as duas unidades móveis do Hospital de Amor têm atendido, em média, 104 mulheres por dia, o que representa um aumento de 73% em relação aos atendimentos em outras datas. De acordo com a enfermeira responsável pela campanha Outubro Rosa do Hospital do Amor, Thayla Cobacho, o ideal seria que a conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama acontecesse todos os meses, mas a campanha é útil para lembrar a mulher sobre os exames.

Thayla lembra a importância do autoexame, mas ressalta que apenas o toque não é suficiente para detectar nódulos, por exemplo. “A forma de diagnóstico capaz de atestar sobre a existência ou não do câncer é a mamografia, que deve ser feita anualmente por todas as mulheres, entre os 40 e os 69 anos de idade”.

Sobre o Hospital de Amor de Campinas

A unidade do Hospital de Amor em Campinas foi inaugurada em 18 de julho de 2017 e funciona na Avenida das Amoreiras, 860, próximo ao Hospital Municipal Mário Gatti. Além dessa unidade, conta com dois postos móveis, que atendem, geralmente, no Centro Esportivo Tancredo de Almeida Neves (Tancredão) e no Taquaral.

O atendimento é voltado às mulheres da cidade para a realização da mamografia e do papanicolau (recomendado para idades entre 25 e 64 anos), ambos feitos por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). São atendidas cerca de 160 mulheres por dia na unidade fixa e 60 nas unidades móveis.

Assim que o laudo é liberado, o Hospital telefona para a paciente, se necessário, para agendar os exames complementares. No caso dos exames negativos para o câncer, é feito acompanhamento e são sugeridas novas consultas a cada seis meses. Para os resultados positivos, as pacientes são encaminhadas para os hospitais Mário Gatti e Celso Pierro (Hospital da PUC) para o tratamento.